Alfarrabista de ideias

O blog das utilidades

Monday, October 17, 2005

Chás terâpeuticos - A avózinha prevalece :)

Alcaçuz: chá de Alcaçuz há 3000 anos trata das doenças dos chineses. O alcaçuz é uma planta cuja raiz adocicada permite um chá com ação diurética, laxante, expectorante e calmante. Funciona como antiinflamatório, acalma a dor e é um poderoso antialérgico.Indicado como chá para :inflamações do ventre; inflamações de vias urinárias; Calmante de dores e combate a cárie dentária.Preparo e uso:Infusão da raiz do alcaçuz podendo ser tomado quente ou em doses diárias frias em dosagens normais.
Alecrim:O Alecrim é uma poderosa erva que mantém em sua constituição o poder de um chá fortíssimo contra hipertensão , anti-reumático, diurético etc., e ainda, quando feito um caldo forte de suas flores e folhas torna-se um excelente anti-séptico de pele e estimula o crescimento capilar.Indicado para : como chá - esgotamento cerebral; tênue depressão; distúrbios.intestinais ; dismenorréia; colecistite crônica e dores reumáticas. Como uso tópico: contusões; entorses; queda de cabelo, caspa.Preparo e uso : Como chá deve ser feito uma infusão de folhas e pouquíssimas flores (um chá bem fraco ) em doses altas o chá pode causar irritações gastrointestinais e nefrite.Para uso tópico deve-se fazer uma infusão forte de flores e folhas e utilizar esta no local desejado externo e observar se aparecer irritação no local suspender o uso.
Alfafa:A Alfafa é empregada na alimentação de cavalos puro sangue e no entanto, é um chá medicinal com uma excelente fonte de potássio, magnésio, cálcio e fósforo. É muito rica em nutriente e supre as necessidades vitamínicas, minerais e protéicas de fadigados em geral.A Alfafa age em anemias causadas por deficiência de ferro e seu uso auxilia no processo de coagulação sangüínea.É indicada para : Artrite, Reumatismo, Revigorante de fadiga, Cistites, Afecções nervosas, Falta de apetite e má digestão. Preparo e uso :As folhas da alfafa devem estar secas e preparadas especificamente para o uso como chá.Deve ser feita uma infusão moderada e tomar uma xícara diária, conforme a necessidade.
Agoniada: Planta medicinal para tratamento das doenças do útero, dos ovários, da asma. Cura corrimentos.
Angico: Planta medicinal. Misturado ao olho-de-goiaba e à casca do pajeú, é usado como remédio contra veneno de cobra(BA,médio São Francisco).
Arruda:O chá de Arruda é um tradicional calmante de nervos usado no Sul do Brasil. Principalmente para crianças e em doses absolutamente controladas pelo risco que envolve o uso da Arruda. Normalmente o uso do chá da Arruda é feito com poucas folhas e o emprego é parcimonioso. Seus efeitos são efetivos e comprovados. É altamente perigoso o uso em doses fortes e elevadas. Não é recomendado o uso em mulheres grávidas .É indicado para : Dor de cabeça ; Vermífugo; combate o mau hálito; calmante poderoso; digestivo fortíssimo; anti-séptico de pele. Preparo e Uso: Infusão com as folhas mais tenras e parcimoniosamente. Toma-se quente.
Camomila:É um chá extremamente delicado com aroma suave mas, possui muita eficácia como antiinflamatório e contra perturbações estomacais.A Camomila, nos dias atuais, é largamente industrializada e merece um lugar nos lares por seu amplo espectro medicinal. É indicada para : Espasmos, cólicas menstruais, diarréia; febre; insônia, dor de barriga,Náuseas Preparo e uso:Tomar após as refeições, principalmente após o jantar, o que garantirá uma noite tranqüila e bem dormida.
Caju: Como remédio, o caju é bom para tosse , depurar o sangue, contra escorbuto, afta, cólica intestinal, males dos rins. A cinza serve para dentifrício. A casca, boa para tirar cansaço. O óleo da castanha é útil para desinfetar e para verme no intestino, ajuda na cura de eczema e de hanseníase, cicatriza verruga e úlceras. O suco da fruta, entre outras coisas, é bom para tratar diabetes, sífilis, icterícia, dores de mulher.
Capim-Açu ou Capim Santo:É bom para o pulmão, coqueluche, que chega a prejudicar as vistas da criança. Usam o sumo do capim-açu com leite de égua.Utilizado como chá puro é bom para curar resfriados e gripes .
Cavalinha:A Cavalinha é uma erva que permite um chá medicinal bastante eficaz como diurético, antiinflamatório, adstringente genito-urinário e evitalizante. A Cavalinha atua sobre fibras elásticas das artérias auxiliando a diminuição do colesterol. Ela age de maneira específica na inflamação da próstata e é um ótimo auxiliar na cicatrização.É indicada para : Arteriosclerose ; Afecções de pulmões; Hemorragias renais; Inflamação e edema da próstata; Menstruação excessiva; Hipertensão. Preparo e uso :A infusão deve ser feita com as partes aéreas da cavalinha e ingerida fria em doses terapêuticas.
Catuaba:É um erva difundida muito no Centro e oeste Brasileiro e fornece um chá que permite uma gama muito grande de soluções. Sua infusão deve ser controlada em doses bem fracas por ser amarga e deve ser tomado em jejum num copo pequeno de água, uma vez ao dia num prazo máximo de quinze dias e recomeçar após o mesmo período de descanso.É indicado para : Instabilidade emocional, Dificuldades de concentração, Moléstias estomacais, convalescenças e nervosismo,além de ser afrodisíaco. Preparo e uso : As doses devem ser fracas, ou seja, 3 pedacinhos de cascas limpas para meio litro de água, misturadas com chá Assam preto. Deve-se tomar de manhã uma xícara pequena.O uso excessivo pode produzir midríase.
Erva Carpinteiro / Mil folhas: Fazer um infusão com 20 gm. da planta (em um litro de água) e tomar depois de esfriar. Tomar durante dois dias e um ótimo remédio contra doenças nervosas e debilidade em geral.
Esporão de galo: A raiz desta erva é excelente no combate do reumatismo. Inflamação de articulações e até de doenças venéreas,Faz-se um infusão com a raiz , com a casca e com as folhas tenras.Tomar uma medida três vezes ao dia.Não se deve utilizar os frutos que não são recomendadosFáfia:Suas propriedades farmacológicas são extensas mas as principais dizem respeito ao fortalecimento do coração, o aumento da taxa de hemoglobina, potencializador da ação cicatrizante e forte regeneradora celular.É indicada para : Astenia, Diabetes, Anemia e Estresse, além de indicada no tratamento de problemas circulatórios. Preparo e uso : A raiz da Fáfia deve ser fervida e da sua infusão bebe-se uma xícara de manhã e outra a noite, antes de dormir. Não há efeito colateral a uso da Fáfia.
Guiné: Planta medicinal, mas fedorenta. A raiz é remédio fino, diurético, depurativo do sangue, traz alívio na dor de dente, e é abortivo. Guiné na cachaça de uso externo é bom para reumatismo. Doses elevadas podem levar à morte. Defumatório de folhas de guiné nas sextas-feiras às portas das casas ou dentro delas é usado como preservativo contra mandingas e coisas-feitas. Há figas esculpidas em guiné, e Santo Antônio de Guiné.
Malva:A Malva é um erva fácil de se achar e com ela se faz um chá medicinal muito conceituado desde os tempos medievais. Ela é usada contra dores, tosse e doenças da laringe (principalmente para os fumantes).Faz-se um infusão com as folhas e flores e toma-se como um chá morno.Recomenda-se o uso numa situação de crise.
Pirole:É um excelente diurético, muito eficaz e é usado desde a Idade Antiga na Europa.No interior do Brasil é conhecida como uva-ursina.Para uma infusão utiliza-se o caule e as folhas e pequena quantia.Faz-se um chá e toma-se frio três vezes ao dia. O efeito é comprovadamente rápido. Deve ser tomado antes das refeições uma xícara pequena.
Quiabo:É um apreciado alimento.As sementes do quiabo, no entanto, possuem propriedades medicinais fantásticas no combate de inflamações genéricas.Sapoti:A casca do sapotizeiro é utilizado como uma infusão bem leve para combater os estados febris e é um ótimo diurético.Com um pequeno pedaço da casca do sapotizeiro faça um chá e tome-o frio.Duas xícaras pequenas resolvem os problemas mais agudos.
Tília:O chá de Tília é conhecido há muito tempo, seu emprego é para o combate eficaz do artritismo e reumatismo. Neste caso faz-se uma infusão com as flores da planta.A utilização da casca da Tília é um remédio fantástico para as vias biliares, para a cura de muito males da bexiga e também contra a gota

2 Comments:

Post a Comment

<< Home